BOLSA E DÓLAR OSCILAM

jun 7, 2022 | Mídias | 0 Comentários

O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 111.102 pontos, com queda de 1,15%. Esse foi o maior recuo diário desde 18 de maio, quando o indicador tinha caído 2,3%. A bolsa de valores fechou a semana com queda de 0,75%, a primeira baixa depois de três semanas de ganhos.

O dólar comercial encerrou esta sexta-feira (3) vendido a R$ 4,779, com recuo de R$ 0,01 (-0,2%). A cotação teve um dia volátil, chegando a R$ 4,83 pouco antes das 10h, impulsionada pela divulgação de dados econômicos nos Estados Unidos. No entanto, investidores aproveitaram o valor alto para venderam a moeda, empurrando a cotação para baixo durante a tarde.

AUMENTO NA SEMANA

Com o desempenho da sexta-feira, a moeda norte-americana subiu 0,83% na semana. Essa foi a primeira alta desde a primeira semana de maio. Em 2022, a divisa acumula queda de 14,28%.

Contribuiu para a instabilidade no mercado internacional a divulgação dos dados do mercado de trabalho nos Estados Unidos. Em maio, a maior economia do planeta criou 390 mil empregos, número superior às expectativas. O bom desempenho do emprego aumentou os receios de que o Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano) aumente os juros mais que o previsto para segurar a inflação nos Estados Unidos, que está no maior nível em 40 anos. Taxas mais altas em economias avançadas estimulam a fuga de capitais de países emergentes, como o Brasil.

RENEGOCIAÇÃO DÍVIDAS

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) lançou na sexta-feira (3) campanha para apoiar os pequenos negócios que tenham empréstimos com parcelas em atraso. Podem aderir também aquelas que estiverem com garantia do Fundo de Aval do Sebrae (Fampe). A proposta é oferecer melhores condições aos micro e pequenos negócios para renegociar dívidas e voltar à normalidade dos fluxos de pagamento. A campanha inclui um ciclo de palestras online no canal do Sebrae no Youtube, de 6 a 10 de junho. Ao longo de todo o mês, o Sebrae oferecerá orientação financeira às empresas que queiram readequar seu fluxo de caixa às nova condições do empréstimo. Segundo o Sebrae, a estimativa é beneficiar cerca de 14 mil empresas entre microempreendedores individuais (MEI), microempresas e empresas de pequeno porte.

PRODUÇÃO INDUSTRIAL

A produção da indústria no país variou 0,1% de março para abril deste ano, segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse é o terceiro avanço consecutivo do indicador, que acumula alta de 1,4% no período de três meses. Na média móvel trimestral, a indústria também cresceu (0,5%). Nos demais tipos de comparação, no entanto, a produção teve quedas: em relação a abril de 2021 (-0,5%), no acumulado do ano (-3,4%) e no acumulado de 12 meses (-0,3%).

ALTOS E BAIXOS

Na passagem de março para abril, 16 das 26 atividades pesquisadas tiveram alta na produção, com destaques para coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (4,6%), bebidas (5,2%) e outros produtos químicos (2,8%). Por outro lado, dez atividades tiveram queda, entre elas produtos alimentícios (-4,1%) e veículos automotores, reboques e carrocerias (-4,2%).

GREVE NO BC

Mesmo após reunião entre representantes do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central do Brasil (Sinal) e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, as duas partes não chegaram a um consenso e a greve dos servidores do BC continua. “Na reunião entre o sindicato e o sr Roberto Campos Neto, dia 3/6, às 18h30, não houve nenhum avanço. Nenhuma proposta de reajuste salarial foi feita. Logo, os servidores do BC continuarão com a greve por tempo indeterminado”, disse a entidade em nota. A categoria está em greve pela segunda vez no ano. Os trabalhadores pedem reajuste de 27% e reestruturação de carreira.

ANTIDEPRESSIVOS

Deu no Valor Econômico. As vendas de antidepressivos genéricos no Brasil cresceram expressivos 55,6% em dois anos de pandemia, confirmando que a covid-19 afetou também a saúde mental das pessoas, segundo levantamento da Associação Brasileira das indústrias de Medicamentos Genéricos e Biossimilares (PróGenéricos), a partir de dados da IQVIA, que monitora o varejo farmacêutico no país.

CRESCIMENTO DE 36%

O levantamento, que compara as vendas em unidades entre janeiro e abril de 2019 e o mesmo período deste ano, mostra ainda que a procura por genéricos para depressão avançou mais do que a demanda total por essa classe de medicamentos no Brasil. Na mesma comparação, o mercado de antidepressivos, que considera a soma de medicamentos de referência, similares e genéricos, cresceu 36,6%.

TETO DO ICMS

O Projeto de Lei 211/21, já aprovado na Câmara dos Deputados e encaminhado ao Senado, estabelece um limite de 17% no ICMS sobre bens e serviços que passam a ser considerados essenciais. Aprovado pela maioria dos deputados federais, o texto registra que são considerados essenciais bens e serviços relativos a combustíveis, energia elétrica, comunicações, gás natural e transporte coletivo, impedindo a incidência de alíquotas tributárias superiores, de produtos listados como supérfluos. Estados e municípios criticam a medida, afirmando que o texto pode provocar perdas de R$ 64,2 bilhões a R$ 83,5 bilhões por ano, afetando serviços públicos. Por esse motivo, secretários estaduais de Fazenda se reuniram com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, para discutir possíveis alterações no projeto, como alternativas para a limitação do ICMS.

OPINIÃO DE ESPECIALISTA

Para André Félix Ricotta de Oliveira, advogado, professor e Doutor em Direito Tributário e sócio do escritório Félix Ricotta Advocacia, é fundamental esclarecer que o Supremo Tribunal Federal (STF) já decidiu, no ano passado, que o ICMS não pode ter alíquota superior a 17%, sobre energia elétrica e serviços de telecomunicações, entendendo que seria inconstitucional a exigência de alíquotas superiores nos bens e serviços essenciais, por desrespeitar o princípio constitucional da seletividade ou essencialidade.

ALÍQUOTAS SUPERIORES

“O problema é que os estados sempre abusaram de alíquotas superiores a 17 e 18% sobre bens e serviços essenciais como a energia elétrica e os serviços de telecomunicações, em total desrespeito ao princípio da seletividade ou essencialidade, que está devidamente previsto na Constituição Federal, estipulando, de forma discricionária, as alíquotas do ICMS sobre bens e produtos essenciais, levando como pressuposto a possibilidade de maior arrecadação do ICMS, independentemente da essencialidade da mercadoria ou do serviço para os consumidores”.

ALERTA DOS PETROLEIROS

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) alerta para o risco de o litro do óleo diesel atingir R$ 10 no segundo semestre do ano, acima dos atuais R$ 7, em média, com impactos ainda mais severos sobre a inflação e às vésperas da colheita da safra agrícola, quando aumenta a demanda pelo derivado. “A crise está contratada”, afirma o coordenador-geral da FUP, Deyvid Bacelar, ao comentar a inoperância do governo do presidente Jair Bolsonaro diante da iminente ameaça à segurança nacional, provocada pela demora na tomada de decisões de importações e formação de estoques de diesel em tempo hábil.

INFLUÊNCIA NO PREÇO

Análises feitas pela área econômica da FUP indicam que estão dadas as condições para nova escalada de preços dos combustíveis: com estoques globais em níveis historicamente baixos, resultando na valorização das cotações de referência e dos prêmios de exportação, a gasolina e o diesel estão cerca de US$ 60 por barril acima do preço do petróleo. Segundo projeções, o barril de petróleo poderá chegar à faixa de US$ 120 nos próximos dias, e não está descartada a possibilidade de atingir o pico de US$ 130/ US$140 no final de junho ou início de julho e de o crack spread (diferença entre o preço do barril de petróleo e o preço do barril do derivado) se valorizar ainda mais. Soma-se a isso o custo do frete, em torno de US$ 9,20 por barril de diesel importado do Golfo Arábico ou da Índia (únicos pontos disponíveis atualmente), para o Brasil, o que elevará o preço do derivado para US$196, até US$ 200. Se houver escassez de diesel no mundo, como já se anuncia, o crack spread poderá ser ainda maior.

CHAMADAS POR ROBÔS

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) expediu medida cautelar para coibir as ligações realizadas por robôs, as chamadas robocalls. A Agência fixou prazo de 15 dias para os usuários que usam recursos de numeração de forma indevida adaptarem suas atividades, de modo a cessar a sobrecarga de chamadas aos consumidores sem efetiva comunicação. Após esse prazo, serão bloqueados para originar chamadas os usuários que realizarem 100 mil chamadas diárias ou mais com duração de até três segundos. O bloqueio durará 15 dias ou até que o usuário firme compromisso formal com a Anatel de se abster da prática indevida e apresente as providências adotadas para tanto.

LIGAÇÕES INOPORTUNAS

Para efeitos da cautelar, o emprego de solução tecnológica para o disparo massivo de chamadas em volume superior à capacidade humana de discagem, atendimento e comunicação não completadas ou, quando completadas, com desligamento pelo originador em até três segundos é uso indevido dos recursos numeração e dos serviços de telecomunicações. A Anatel espera que essa medida – adotada nos limites das competências da Agência – ajude a reduzir o volume de ligações inoportunas, sem impedir a prestação dos serviços de telemarketing que fazem uso adequado dos recursos de telecomunicações.

ACP RECOMENDA USO DE MÁSCARA

Diante do aumento do número de novos casos e casos ativos de covid-19, a Associação Comercial do Paraná está reforçando as recomendações para que as pessoas voltem a usar máscaras em ambientes fechados. Na semana passada, a Prefeitura de Curitiba recomendou o uso da máscara em transporte coletivo, terminais, estações-tubo, shows, jogos, shoppings, lojas, supermercados, entre outros. Em ação nas redes sociais voltada aos comerciantes e consumidores, a ACP destaca a importância de todos observarem os cuidados indicados pelas autoridades de saúde desde o início da pandemia, como uso de álcool gel, evitar aglomerações, distanciamento e uso de máscara em locais de maior risco de transmissão. “Importante agora que, de forma voluntária, sem obrigatoriedade, se observe o distanciamento nas lojas, sem aglomerações e, preferencialmente com o uso de máscaras. Se seguirmos essas orientações básicas estaremos nos protegendo a ajudando a proteger a todos”, justificou o presidente da entidade, Camilo Turmina.

 

Fonte: https://www.diarioinduscom.com.br/bolsa-e-dolar-oscilam/

Outros artigos…

Setor transportador prevê mais prejuízos

Setor transportador prevê mais prejuízos

Com aumentos do diesel e da gasolina, tanqueiros podem parar; empresas de ônibus intermunicipais alegam perdas O último aumento dos combustíveis, anunciado na sexta-feira (17), já era esperado diante da alta do preço do petróleo no mercado internacional. Porém, ao...

Close Bitnami banner
Bitnami