Saiba calcular o imposto de importação em compras da Shein, Shopee e AliExpress

abr 14, 2023 | Mídias

“Minhas compras da Shein vão ficar mais caras”? A pergunta segue repercutindo nas redes sociais sobre a medida do governo federal para aumentar a fiscalização na cobrança de impostos sobre encomendas internacionais.

A regra diz que há isenção para envios com valor até US$ 50 (aproximadamente R$ 250) entre pessoas físicas; só que essa brecha é usada pelas empresas (pessoas jurídicas) para evitar o tributo.

A regra quer garantir que o tributo já exigido dos e-commerces, principalmente das chinesas Shein, Shopee e AliExpress, conhecidas pelos baixos preços, sejam devidamente pagos.

Como é feito?

Os envios de até US$ 500 entram em Regime de Tributação Simplificado, cujo imposto corresponde a 60% do valor da compra (preço do produto + valor do frete + valor do eventual seguro).

Como calcular?

Segundo André Félix de Oliveira, professor doutor em direito tributário, ao adquirir a mercadoria importada de sites ou plataformas do exterior que realizam vendas online, o consumidor / importador, além do valor do produto importado, terá que pagar mais 60% de imposto de importação. “Ou seja, se a mercadoria custava U$ 40,00, com a incidência do imposto de importação custará U$ 64,00, U$ 40,00 da compra mais U$ 24,00 do imposto”, exemplifica Oliveira.

Como se pagam esse impostos?

Pelo Projeto de Lei nº 2339/22, quem é o responsável pelo recolhimento do imposto é o site estrangeiro vendedor da mercadoria, que deve recolher até a data de entrada da mercadoria no território nacional. “Se o site estrangeiro não recolher, o adquirente brasileiro tem 90 dias para pagar o imposto de importação, sob pena de abandono da mercadoria importada”, acrescenta o professor. O pagamento é feito através da guia de recolhimento. Não será possível retirar a mercadoria importada se não pagar o imposto de importação. Após fazer uma compra, caso o cliente não identifique nas listas o valor da importação, é possível verificar se há ainda cobrança pelo site dos Correios. Ao receber o código de rastreamento no site da plataforma, digite o código e verifique se há tributo a pagar. Fonte: https://www.istoedinheiro.com.br/saiba-calcular-o-imposto-de-importacao-em-compras-da-shein-shopee-e-aliexpress/

Outros artigos…

Reforma Tributária I Estúdio CBN

Reforma Tributária I Estúdio CBN

O doutor em direito tributário, André Félix Ricotta de Oliveira, conversou com a CBN sobre o assunto. Acompanhe as principais notícias de Campinas e do Brasil Ao Vivo direto dos estúdios da CBN Campinas. Confira a entrevista completa abaixo:

Close Bitnami banner
Bitnami